Blog Nana Banana

Morgana Andretta

X-Men: Fênix negra – Filme

Olá meus queridos, tudo bem com vocês?

Bem, como vocês sabem, terça é dia de filme aqui no blog, mas como gostaria de esclarecer algumas coisas relacionadas aos X-Men, precisei assistir novamente os dois últimos filmes: “Dias de um futuro esquecido” e “Apocalipse”.

Qual o motivo? Se os dois filmes tendem a mostrar os “mesmos mutantes” mais em idades diferentes, então Fênix negra não faz nenhum sentido.

Vamos recapitular alguns fatos sobre os filmes e suas sequências:

“X-Men: o filme” (2000), “X-Men 2” (2003), “X-Men: o confronto final” (2006), “X-Men Origens: Wolverine” (2009), “Wolverine: Imortal” (2013) e “Logan” (2017), onde encontramos Patrick Stewart (Professor Xavier), Ian McKellen (Magneto), Hugh Jackman (Wolverine), Halle Berry (Tempestade) e varios outros mutantos que se tornaram familiar nesses filmes.

Jean Grey é interpreta pela atriz Famke Jansse que acaba morta no filme de 2006 onde o foco é ela e seu grande poder. Te lembra algo? tipo a Fênix Negro?

“X-Men: Primeira Classe” (2011), “X-Men: Dias de um futuro esquecido” (2014) e “X-Men: Apocalipse” (2016), apresentam os nossos queridos mutantes em suas versões Juvenis, como uma forma de apresentar como surgiram, como aconteceram os primeiros fatos, etc.

Nesses filmes as versões jovens são apresentadas por James McAvoy (Professor Xavier) e Michael Fassbender (Magneto). Jean Grey é interpretada por Sophie Turner (atriz que ganhou muito destaque em sua atuação em Game of Thones)

Fenix Negra é uma basicamente uma regravação de “X-Men: o confronto final” mas com a nossa Jean Grey novinha. Os cenários são diferentes, as roupas são diferentes, mas a ideia de Grey acabar com um poder que não consegue controlar, do qual machuca e até mata seus amigos mutantes, e estes tendo que se unir para ajuda-la é a mesma.

O que não fazia sentido nenhum levando em conta a cronologia dos filmes, então pra quem não assistiu os dois últimos filmes dos “X-Men” vai ficar sem entender. Pra isso vamos recapitular alguns fatos.

No longa de 2014, Wolverine volta no passado para impedir alguns eventos que deram origem ao programa Sentinela que criava robôs capazes de absorver os poderes dos mutantes e causar assim sua extinção fosse alterado. É claro que mudar o passado ocasiona a mudança do futuro.

Contudo, no final do longa, Wolverine acorda como se nada tivesse acontecido e Jean Grey adulta ainda esta viva e nada daquilo teria acontecido.

Até ai tudo bem, mas se pensarmos que na sequência, lançada em 2016, não acontece nada de importante com relação ao tempo, nenhuma alteração entre passado e presente, então porque regravar a morte de Jean.

A critica ao longo com certeza é essa, um filme nada a ver com a história que estava sendo contada até agora. A falta de cena pós credito, seria uma indicativa que este é o ultimo filme, mas como temos aqui um lapso temporal sem explicação. Creio que teremos um filme onde Grey de alguma forma ira retornar, para seguir e conhecer Logan como no primeiro filme da saga.

A produção foi boa? isso não tenho duvida nenhuma que foi, e vale a pena assistir, mas por hora ela não faz sentido. Como estamos falando de Fênix, quem sabe ela ainda ressurja das cinzas.

Vou deixar o trailer para vocês conferirem.

Super beijo e até a próxima.


Leave a Reply